quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Dicas para o bem estar


Através de um estilo de vida saudável, pode-se reduzir os riscos de desenvolver doenças. Procure aumentar sua saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Se você deseja ter um dia feliz, com uma agradável sensação de bem-estar, siga algumas orientações:

1 - Ao acordar, estique lentamente os braços e pernas, depois vire o corpo jogando as pernas para um lado e depois para o outro e finalize sentada de joelhos esticando os braços para cima. Todos esses movimentos duram cerca de 1 minuto. Se tiver mais algum tempo, realize um alongamento completo, ainda deitada, esticando principalmente a coluna, braços e pernas. Lembre-se que o alongamento é essencial para manter a região das costas ereta, pois com o passar dos anos ela tende a encolher. Espreguiçar é um movimento natural que alonga toda a musculatura corporal.


2 - Comece o dia agradecendo… Procure agradecer todas as coisas boas que acontecem na sua vida, ao invés de reclamar. Aproveite ainda esse momento para pensar nas coisas boas que irá realizar durante o dia, e tenha só pensamentos positivos.

3 - Sempre procure tomar algum líquido, antes da primeira refeição do dia, água ou sucos verdes. O mais aconselhável é água com limão, este possui várias funções terapêuticas como alcalinizar, cicatrizar e desinfetar tecidos, como também desintoxicar o sangue. O que é importante é tomá-lo fresco e não colocar açúcar, além disso, vai hidratar seu organismo, que ficou muito tempo sem a ingestão de líquidos.

Alimentação
As doenças causadas por deficiências nutricionais impedem que milhares de pessoas tenham saúde e bem-estar, por isso é essencial uma boa alimentação para ter uma vida saudável.
O momento das refeições deve ser tranqüilo, é preciso se concentrar na alimentação, saboreie bem os alimentos, esteja consciente do que você está comendo, não é hora de preocupações e de conversas.
Comer várias vezes ao dia, para não comer demais numa única refeição – pequenos volumes ingeridos várias vezes ao dia fazem com que um estômago dilatado volte aos poucos ao normal.

Procure ingerir alimentos limpos, frescos, variados e coloridos.
É importante ter um cardápio bem variado e comer de tudo, desde que em moderação, dê atenção para a ingestão de líquidos, frutas, verduras e fibras. Estes devem assegurar um bom funcionamento do intestino e auxiliam o tratamento de doenças.

Atividade física
Fazer exercícios físicos regularmente colabora para atingir e manter um peso saudável. Ser fisicamente ativo também pode fazê-lo ter mais energia, melhorar seu humor e reduzir o risco de desenvolver doenças crônicas, além de fortalecer os ossos e regular o sono.
A prática de atividade física acelera o metabolismo e ajuda a gastar energia armazenada. Auxiliam também na redução de gordura, preservando a musculatura, aliviam o estresse e fazem as pessoas se sentirem melhor.

O ideal é a regularidade nos exercícios sem sobrecarregar o organismo.
Não se esquecer dos alongamentos, que estimulam a circulação sangüínea, aquecem e lubrificam a musculatura e as articulações e oferecem maior disposição.
- Saber administrar o estresse é algo muito importante para manter o autocontrole. Um grau elevado de estresse – ou a incapacidade de lidar com o mesmo – pode causar acidentes e problemas de saúde. Aprender a estabelecer prioridades e dizer “não” sem sentimentos de culpa pode ajudá-lo a reduzir o estresse em sua vida.
- Uma noite de sono tranqüila é essencial para repor as energias gastas durante o dia. Uma boa quantidade de sono por noite contribui para seu bem estar físico e emocional.
- Mantenha bons contatos sociais. Quando nos vemos divididos entre as demandas profissionais e da vida familiar, é fácil perder contato com amigos e familiares. Estas relações são essenciais para nosso bem estar. Trabalhe para “estar em contato”.
- Diga não ao cigarro. O fumo é o fator que mais contribui para mortes causadas por câncer pulmonar, doenças do coração, enfisemas e outras doenças de alto risco. Evidências mostram que o fumo passivo causa altas taxas de problemas respiratórios.




Fonte: Beleza e saúde

0 comentários:

Postar um comentário